APP - F7B
Copa Sul 2021
HOMENAGEM

Futebol 7 Brasil publica carta em reconhecimento ao legado de Marco Bobsin

Dias antes de falecer o vice-presidente do Grêmio tomou uma decisão que causou uma mudança histórica para o esporte mais praticado no Brasil

09/02/2021 09h40Atualizado há 6 meses
Por: Assessoria de Imprensa 2

CARTA A COMUNIDADE DO FUTEBOL 7 GAÚCHO

A maior edição da história do Campeonato Gaúcho de Futebol 7 esta em sua reta final e vai reunir 16 finalistas na briga pelo título estadual na categoria masculina, enquanto a categoria feminina já esta nas semifinais. O evento vai contar com a transmissão de 16 jogos da fase final ao vivo através da RDC TV e a participação de gigantes da modalidade. Entre os finalistas equipes de Caxias do Sul, Esteio, Carazinho, Porto Alegre, Guaíba, entre outros.

Este ano faremos uma homenagem especial a um grande incentivador da modalidade e que foi determinante para um salto de visibilidade do esporte no Rio Grande do Sul e em todo o Brasil, que vem desencadeando uma série de benefícios à todos times, atletas e profissionais que atuam no esporte. Marco Bobsin, vice-presidente do Grêmio, faleceu recentemente vítima de complicações causadas pelo covid-19. O troféu de campeão gaúcho levará o seu nome e será feita uma Taça Especial em sua homenagem.

O dirigente foi um dos primeiros no futebol brasileiro a enxergar e reconhecer a importância do esporte mais praticado no país para um clube profissional. A sua decisão de que a modalidade deixasse de ser vista como uma atividade recreativa e passasse a ser vista como um esporte de rendimento dentro de um dos maiores clubes do mundo iniciou uma mudança histórica para a modalidade, pois a visibilidade causada pelo trabalho realizado pelo clube junto ao time de futebol 7 fez com que o esporte mudasse de patamar no Rio Grande do Sul e em todo o Brasil.

Grandes clubes do futebol brasileiro abriram as portas para o futebol 7 ao longo dos últimos 10 anos e cada clube trata a modalidade a sua maneira. Em alguns é tratado como esporte recreativo, em outros como iniciação esportiva, existem também os que tratam como atividade de licenciamento sem muito engajamento com divulgação. O que o Grêmio fez em abraçar a modalidade mudou a vida de muitos atletas e profissionais, que hoje vivem do esporte e foi determinante também na postura de outros gigantes para o futebol 7.

Atualmente o Corinthians passou a divulgar a equipe com frequência na página oficial do clube. Na semana passada o Vasco colocou o Troféu conquistado no Torneio Rio São Paulo de Futebol 7 no museu do clube ao lado do troféu da Libertadores do futebol de campo, ou seja, bastou um bom exemplo para que muitos outros grandes passassem a dar a mesma importância para a modalidade. Se o que fazemos em vida ecoa na eternidade, a decisão dele está ecoando e contribuindo para uma mudança cultural no esporte mais praticado no Brasil e na vida de muitos atletas.

Esta homenagem foi uma iniciativa do Fernando Mattos e um gesto carinhoso em retribuição a generosidade do Bobsin neste projeto de alavancagem da modalidade. Aceitamos a ideia imediatamente e estamos orgulhosos em participar desta homenagem a um visionário como ele que entendeu a importância de um grande clube para o crescimento da modalidade e acreditou em nossa caminhada em busca do sonho de profissionalização do esporte.

Este ano o Campeonato Gaúcho de Futebol 7 quebrou recorde de participantes e conta com a realização de 32 jogos transmitidos ao vivo na TV, algo que antes era visto como surreal para a modalidade. O nosso departamento de marketing constatou que 22 equipes da modalidade presentes em nosso projeto informaram ter captado mais patrocínios devido a visibilidade que foi alcançada depois que o Grêmio passou a tratar o futebol 7 como esporte de rendimento. A decisão do clube gaúcho impactou diretamente todos os demais times da modalidade, que frequentemente compartilham desta realidade e tem se organizado cada vez mais para acompanhar esta evolução. O ano de 2020 foi um divisor de águas na história da modalidade e o início de uma nova era para o esporte mais praticado no Rio Grande do Sul.

Obrigado por tudo, Marco Bobsin.

Hugo Loureiro
CEO
Futebol 7 Brasil