UNI7 - Treinadores
APP - F7B
TRANSFERÊNCIAS

COMUNICADO. Saiba tudo sobre a regra de transferência de atletas nas competições oficiais de Futebol 7

OBS: Esta notícia esta sendo republicada pela quarta vez

14/10/2020 11h00
Por: Assessoria de Imprensa 2

Um dos maiores problemas no futebol 7 brasileiro foi resolvido. A Associação Brasileira de Clubes de Futebol 7 apresentou no início do ano as regras de transferência de atletas, que são válidas para todas as competições oficiais da temporada 2020 e que mudou a cultura do esporte competitivo a nível nacional.

Anteriormente os atletas não criavam vínculo com os seus times e chegavam a defender diversas equipes diferentes ao mesmo tempo quando se tratam de competições estaduais, nacionais e internacionais. Os times procuravam se reforçar com atletas de outras equipes para competições mais importantes, visando brigar por títulos.

Desde o dia 10 de janeiro de 2020 entrou em vigor as regras para as competições do calendário da Associação Brasileira em todos atletas só podem trocar de clube no Brasil uma única vez ao ano, sem direito a retornar ao clube de origem, ou seja, se o atleta deixar a sua equipe e optar defender outra, deverá permanecer até o encerramento da temporada 2020.

Para realizar a transferência não é necessário fazer nenhum comunicado formal. Basta o atleta se inscrever por uma nova equipe, que o sistema administrativo da Associação Brasileira acusa a transferência.

CONFIRA AS REGRAS DE TRANSFERÊNCIA

1 – Não há nenhum tipo de cobrança financeira para a realização de transferências e são válidas para competições oficiais do calendário da Associação Brasileira de Clubes e da Federação Internacional de Futebol 7.

2 – Um(a) atleta só é considerado registrado em um time se ele/ela tiver entrado em campo pela equipe em um jogo oficial da temporada.

3 – Um(a) atleta só poderá trocar para outro time do mesmo Estado após o dia 01 de julho.

4 – Um(a) atleta poderá se transferir para qualquer equipe de outro Estado a qualquer momento do ano.

5 – Um(a) atleta só poderá se transferir por empréstimo para uma equipe de outro país. (Tem direito a retorno).

6 – Um(a) atleta transferido por empréstimo poderá retornar ao seu clube de origem no Brasil somente 15 dias após a data do seu último jogo pelo clube estrangeiro.